NOVO FÔLEGO E NOVO HORÁRIO (ÀS 17H) PARA AS LIVES NO INSTAGRAM

NOVO FÔLEGO E NOVO HORÁRIO (ÀS 17H) PARA AS LIVES NO INSTAGRAM

E mais: homenagens a Arlindo Cruz e Gonzaguinha; e estreias de Bia Aparecida, Leo Gandelman e Gabriel Moura em lives temáticas sobre os versos da MPB, a música instrumental brasileira e “Vidas Negras Sim Importam”, respectivamente.

Todas as lives rolam às 17horas. Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.

 

E vai ter outra bela homenagem em setembro. Será para o aniversariante do dia 14: o queridíssimo Arlindo Cruz, que durante muito tempo comandou noites semanais de samba da melhor qualidade no Rival. O produtor Marcos Salles está preparando essa live com participações de diversos artistas e amigos, como Sombrinha, Anderson Leonardo, Andrezinho,  o diretor Túlio Feliciano, Marcelinho Moreira, Fred Camacho, Gegê D’angola,Sereno e Ademir Batera, ambos do Fundo de Quintal.  Além de Angela Leal, diretora do teatro, que vai abrir a live; e da família de Arlindo: Arlindinho, Babi, Flora e Debora Cruz.

No dia seguinte, 15, ele comanda outra live, desta vez com , com Luciano Bom Cabelo – cantor, compositor e músico, da linhagem de uma família carioca carnavalesca e fundadora de um dos blocos mais tradicionais do Rio de Janeiro, o Bafo da Onça. Com um repertório de responsa, que vai de Donga e Noel Rosa a Cartola, Almir Guineto, Fundo de Quintal e Zeca Pagodinho, Luciano virou figurinha fácil nas rodas de samba famosas na Cidade Maravilhosa, como as do Beco do rato, do projeto Criolice, do Samba da Alforria e do Renascença. É essa ginga que Luciano Bom Cabelo vai levar para a live do dia 15, terça-feira.

Já na quarta-feira, dia 16, tem a estreia da live mensal “Letra e Música”, que traz a jornalista e apresentadora Bia Aparecida, filha de Dorina, conversando com grandes letristas da música brasileira. Em sua primeira live no Instagram do Teatro Rival Refit, ela terá como convidado Paulo César Feital, autor dos versos de belas canções como “Saigon”, sucesso de Emílio Santiago, e “No analices”, gravada por Nana Caymmi e Milton Nascimento, ambas compostas com Cláudio Cartier. Entre os parceiros de Feital, constam ainda craques como João Nogueira, Altay Veloso, Guinga, Elton Medeiros, Nelson Cavaquinho, Claudionor Cruz, Carlinhos Vergueiros, Jorge Vercillo, Jota Maranhão, Xangô da Mangueira e Roberto Menescal, em suas mais de 1000 composições, sendo cerca de 300 gravadas.

E a semana ainda vai ter mais um encontro bacanérrimo de dois jovens sambistas: Enzo Belmonte e Leo Russo. Vai ser na quinta-feira, 17 de setembro. A proposta é de bate-papo, mas quem vai segurar esses caras? O samba vai rolar, com certeza!

E as lives do Teatro Rival Refit ainda conservam o fôlego! Dia 22, terça-feira, o sensacional Dominguinhos do Estácio é o convidado do produtor Marcos Salles. No dia seguinte, o produtor Eduardo Araújo é só purpurina num bafão animadíssimo com drag queen.  Na quinta, a estreia de Leo Gandelman num papo relevante sobre música instrumental. A primeira live dele em parceria com o Teatro Rival Refit será com ninguém mais, ninguém menos do que Hermeto Pascoal!

E na sexta, dia 25, aguenta coração com um belo tributo a Gonzaguinha, que faria aniversário no dia 22. Para comandar a live, o filho do homenageado: Daniel Gonzaga, filho do cantor e compositor que nos deixou em 1991.

Para encerrar o mês, no dia 30, mais uma novidade. O cantor e compositor Gabriel Moura leva seu projeto Vidas Negras Sim Importam para o nosso Instagram. Todo mês, ele vai trocar ideias com artistas e personalidades negras, trazendo o debate sobre o racismo para o Teatro Rival Refit, que escreveu sua história pautada na luta contra todo e qualquer tipo de discriminação, mantendo sempre uma programação inclusiva e rica em diversidade.

Todas as lives rolam às cinco da tarde. Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.

No Instagram @teatro.rival.refit

Horário: 17horas

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *