Artista multimídia, Mari Blue lança seu mais novo álbum, “Entre”

Artista multimídia, Mari Blue lança seu mais novo álbum, “Entre”
O trabalho coloca em evidência o lado multifacetado e sensível da cantora, que assina todas as faixas, produção musical, direção artística, gravação e mixagem

Ouça o disco nas plataformas digitais – http://sl.onerpm.com/5560885604
Arte: Mari Blue

Após o lançamento do primeiro single em agosto, a artista mineira radicada no Rio de Janeiro Mari Blue lança no dia 18 de setembro seu quarto álbum de estúdio, “Entre”. Totalmente autoral, a obra traz à tona o perfil multifacetado da cantora, destaque na cena independente nacional nos últimos anos. Mari é responsável por todo processo criativo do disco, desde as composições (tendo parcerias com nomes como Mário Wamser, Puppi, João Bernardo e Roberto Callado) até a produção musical, direção artística, gravação, mixagem e execução da maior parte dos instrumentos. Produzido em meio à pandemia da Covid-19, a gravação contou com apoio do edital Cultura Presente nas Redes da SECEC-RJ.

Com sonoridade leve e agradável, o álbum traz temáticas psicológicas e ligadas à filosofia em todas as faixas, exacerbando a ingenuidade e a vulnerabilidade do ser humano ao lidar com a própria existência. Contradição também é um tema recorrente e nem sempre trabalhado como algo pejorativo. O disco expõe ainda a inspiração feminista presente na vida da artista.

A arte da capa e os nomes das canções já abrem as portas para a estética surrealista que Mari admite ter influência: “Penso, logo invento”, “As pessoas não querem o que elas pedem” e “A música não existe”, são alguns exemplos. “O amor é livre”, título do single que precedeu o álbum, traz o assunto mais corrente na história da música, entretanto com abordagem destoada do convencional, convidando os ouvintes a saírem da caixa.
Foto: Mário Wamser

“Entre é um convite para entrar num universo infinito que muitas vezes atordoa, mas que aqui quero apresentar com leveza, é um convite para sermos mais criativos e menos dogmáticos, legisladores e não somente juízes. “Entre” é o espaço onde moram as possibilidades, entre eu e tudo que pode existir, onde tudo se cria. Entre!”, declara a artista.

O álbum dialoga com a atual música alternativa, tendo influências de timbres vintage, sobretudo da MPB dos anos 70 e 80. Como uma boa boa mineira, Mari admite ter ouvido muito Lô Borges e Beto Guedes, trazendo referências da música de sua terra natal. A maior parte das faixas é conduzida por pianos, com excessões de “Entre”, que fecha o disco, e tem participação especial de Mário Wamser na guitarra, e “Mão Toca Mão”, um duo de violoncelo e voz com Puppi, formação que eles pesquisam juntos desde 2012.

A gravação de grande parte do projeto foi feita em casa durante a quarentena. Mari, que também trabalha como técnica de áudio, gravou e mixou o próprio trabalho. A masterização é de Diogo Guedes, engenheiro de áudio vencedor do Grammy Latino, e do estúdio Absolute Master (SP).

Destaque na cena musical independente

Premiada em diversos festivais como Webfestvalda, Festival de Clipes e Bandas, Festival Nacional da Canção, Femurc e Festival da Canção Francesa, Mari Blue une bom humor, ironia e sensibilidade em seus trabalhos.

Possui três álbuns lançados: “Parte de mim” (2011), “Parte de Mim 2” (2012) e “Fruto da Flor” (2016), este último produzido por Puppi, italiano radicado no Brasil que ganhou notoriedade nacional ao produzir o álbum “Guelã”, da cantora Maria Gadú.

A artista iniciou sua carreira no teatro, mas foi na música que se estabeleceu. Cantora, compositora, escritora, produtora musical, pianista e videomaker, Mari é responsável por todo processo criativo de sua obra. Movida por temáticas psicológicas, a artista se preocupa bastante com as letras das canções, que frequentemente são provocadoras. “As influências na minha arte são os afetos: os livros que li, os filmes, as pessoas, os lugares. Nunca pensei em algo específico para criar. Fui uma criança introspectiva numa pequena cidade no interior de Minas Gerais, lugar de muita sabedoria e muitos tabus, um grande gatilho para a minha obsessão pelos sentimentos humanos”.

FAIXAS “ENTRE”
1 – Entre (letra: Mari Blue/ música: Mari Blue e Mário Wamser)
2 – Penso, Logo Invento (letra e música: Mari Blue)
3 – O Amor É Livre (letra e música: Mari Blue)
4 – A Música Não Existe (letra e música: Mari Blue)
5 – As Pessoas Não Querem o Que Elas Pedem (letra e música: Mari Blue)
6 – Mão Toca Mão (letra: Mari Blue/ música: Mari Blue e Puppi)
7 – Overblue (letra e música: Mari Blue e Mário Wamser)
8 – Mel e Picada (letra e música: Mari Blue, João Bernardo e Roberto Callado)
9 – Entre – participação especial Mário Wamser
FICHA TÉCNICA – “ENTRE”
Mari Blue: voz, piano, piano elétrico, mellotron, sintetizadores, programações e percussão.
Mário Wamser: guitarra e baixo
Puppi: violoncelo
Gravação: Mari Blue e Puppi (gravou os violoncelos)
Mixagem: Mari Blue e Puppi (parceria na mixagem da faixa “Mão Toca Mão”)
Masterização: Diogo Guedes e Absolute Master (faixas “Mel e Picada”, “As pessoas não querem o que elas pedem” e “A música não existe”)
Arte: Mari Blue

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *