Compositor contemporâneo é interpretado em nova edição do Notas Musicais

Compositor contemporâneo é interpretado em nova edição do Notas Musicais
Flautista e Orquestra de Ribeirão Preto executam canção de John Rutter

A nova edição do Notas Musicais, programa produzido pela pela Coordenadoria de Arte e Cultura (CAC) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), apresenta uma canção feita por um compositor contemporâneo, o britânico John Rutter. No vídeo, o prelúdio da canção Suite Antique é interpretado pelo flautista Sérgio Cerri, junto com a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, e maestro Parcival Módolo, faz os comentários

John Rutter é o que se pode chamar de “compositor raiz”, de acordo com a explicação do maestro, já que o músico tem um trabalho semelhante aos compositores clássicos, como Mozart ou Beethoven. “Existem vários compositores que fazem música de qualidade, para grandes orquestras e em uma linguagem nova. O John Rutter é um deles”, diz Módolo.

A música interpretada no vídeo é apenas o prelúdio da composição, ou seja, a primeira parte da peça do músico britânico. Parcival Módolo ressalta que Suites são músicas de concerto que possuem ritmos que são feitas a partir de canções de danças, como valsas e tangos. “É um convite para que vocês conheçam a composição inteira”, afirma.

O vídeo com o prelúdio da Suite Antique, de John Rutter, está disponível aqui:

Sobre a Universidade Presbiteriana Mackenzie
A Universidade Presbiteriana Mackenzie está na 103º posição entre as melhores instituições de ensino da América Latina, segundo a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação. Possui três campino estado de São Paulo, em Higienópolis, Alphaville e Campinas. Os cursos oferecidos pelo Mackenzie contemplam Graduação, Pós-Graduação Mestrado e Doutorado, Pós-Graduação Especialização, Extensão, EaD, Cursos In Company e Centro de Línguas Estrangeiras.

Em 2021, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *