Projeto Latitude promove internacionalização da arte brasileira

Projeto Latitude promove internacionalização da arte brasileira

Em sua primeira edição, Latitude Art Fair é realizada de forma 100% digital e conta com a participação de mais de 50 galerias

Realizado através de parceria entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil, o Latitude é um programa que visa promover a internacionalização do mercado brasileiro de arte contemporânea por meio de diversas ações, e agora realiza sua primeira feira de arte.

A Latitude Art Fair ocorrerá entre os dias 24 e 27 de setembro de 2020, de forma 100% digital e gratuita. Para contornar a impossibilidade de se ver as obras pessoalmente, causada pela pandemia do novo coronavírus, o evento contará com recursos como salas de exibição virtuais, usando a realidade aumentada para proporcionar uma melhor imersão dos visitantes nas obras.

Mais de 50 galerias de diferentes estados fazem parte do Latitude, logo, a feira dá a galerias localizadas fora do eixo principal de veiculação das artes, a oportunidade de apresentar seus artistas a um público internacional, driblando as barreiras mais comuns à internacionalização, como o câmbio, a burocracia e o alto custo logistico envolvido no processo. Entre essas galerias descentralizadas que participam do evento, estão as galerias Cavalo (RJ), Mamute (RS), OÁ (ES) e OMA Galeria do ABC Paulista, entre outras.

Apesar de haver vantagens em se realizar uma feira de arte de forma virtual, um dos grandes desafios é avaliar se o on-line dá conta de substituir a observação presencial da arte. Nesse momento em que as obras só podem ser vistas virtualmente, a artista Ísis Gasparini apresenta no evento um trabalho fotográfico que trata justamente da relação que se forma entre o público e a obra de arte. “A obra ter à distância #01 investiga a existência de um olhar recíproco entre ambos, onde a obra parece olhar de volta para o espectador, e parecem se dissolver os limites entre o sujeito que observa e o objeto percebido.” São os artistas começando a interpretar essa nova realidade imposta.

Ísis Gasparini é representada pela OMA Galeria, que também apresenta na Latitude Art Fair os artistas Andrey Rossi, Giovani Caramello, Paulo Nenflidio e Thiago Toes.

Sobre a OMA: 

A OMA Galeria é o primeiro e único espaço privado de artes visuais do ABC. Localizada em São Bernardo do Campo, a galeria está sob os cuidados do galerista Thomaz Pacheco. Em pouco tempo, o espaço tornou-se referência na região e destaca-se no circuito das artes por seus projetos culturais promovidos pelo OMA Educação e OMA Cultural, e por seu quadro de artistas representados: Andrey Rossi, Bruno Novaes, Daniel Melim, Giovani Caramello, Ísis Gasparini, Laerte Ramos, Nario Barbosa, Paulo Nenflidio, Renan Marcondes e Thiago Toes.

Serviço: 

Disponíveis para entrevista: Thomaz Pacheco e Ísis Gasparini.

Redes sociais:

Facebook: http://www.facebook.com/latitudebrazil

Instagram: @latitude_brasil

Site: http://www.latitudebrasil.org/acoes-realizadas/latitude-art-fair/#

Nome do evento: Latitude Art Fair

Local: http://www.artsy.net/latitude-art-fair-2020

Abertura: 24/09/2020

Visitação online: 24/09 a 27/09/2020

Horário de visitação: 24h on-line

E-mail contato: comunicacao@omagaleria.com

Valor: gratuito

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *