Para assistir no conforto do lar: SESI-SP faz parceria com plataforma de filmes por streaming.

Para assistir no conforto do lar: SESI-SP faz parceria com plataforma de filmes por streaming.

Público terá assinatura gratuita por duas semanas. Para otimizar ainda mais a experiência, a curadoria do SESI-SP propõe três mostras de filmes para serem acompanhadas até o final do projeto.

Neste período em que fomos obrigados a nos afastar de aglomerações, de ir a shows, teatro e cinema, o SESI-SP tem uma novidade para o público que atualmente se sente órfão da programação do Cine SESI-SP. Em parceria inédita com o Cine Belas Artes, o SESI-SP vai oferecer assinaturas gratuitas da plataforma de filmes por streaming Belas Artes à La Carte.
Ao todo serão seis lotes de assinaturas, com abertura de reservas a cada 14 dias pelo www.sesisp.org.br/meu-sesi. Os inscritos receberão e-mail do Belas Artes à La Carte com login e senha para uso de todo o acervo da plataforma por duas semanas. O catálogo é composto por cerca de 200 títulos oriundos de diferentes partes do mundo e nos mais diferentes estilos: drama, comédia, suspense e terror. Para quem curte cinema brasileiro, a lista de filmes inclui clássicos de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, e do argentino, naturalizado no Brasil, Hector Babenco.
Com a missão de formar novos públicos para a sétima arte, incluindo no repertório desses espectadores obras fora do mainstream hollywoodiano, o SESI-SP propõe com este projeto uma curadoria, indicando alguns filmes do catálogo para serem apreciados a cada semana. Serão três mostras que podem ser acompanhadas pelo público pela plataforma.
Na mostra Cidades Visíveis, o SESI-SP propõe ao público assistir às obras Perdidos Em Paris, Truman, Uma Longa Queda e Glory. A escolha desses filmes está associada aos muitos ressignificados das identidades de algumas cidades, em um olhar que só o cinema pode oferecer aos ressaltar certos aspectos imagéticos e ignorar outros. Paris jamais será a mesma depois da Nouvelle Vague. Assim como Nova Iorque depois de Woody Allen.
Em Perspectivas Históricas (Diálogos entre as Histórias)o SESI-SP propõe o acompanhamento das obras Eva Não Dorme, O Fantasma da Sicília, Troca de Rainhas e Traídos pelo Desejo. Não raramente os filmes são marcados por grandes eventos históricos. A História não aparece apenas como pano de fundo, mas é um poderoso agente narrativo que transforma a vida dos personagens para sempre.Nesse processo, podemos revisitar eventos do passado através de diferentes perspectivas, já que nenhum fato histórico jamais terá apenas um lado. O cinema permite nos solidarizar com pessoas de todos os lugares e épocas. Torna-se, portanto, um poderoso instrumento de diálogo entre os povos ao mostrar suas diferentes perspectivas históricas.
A mostra Utopia traz o conceito de mundo ideal cunhado por Thomas More em 1516, e que está visível nas obras Beleza Roubada, Estranhos Normais, O Sonho de Greta e Navigator: Uma Odisseia no Tempo. O cinema muitas vezes voltou sua câmera para descrever a realidade como (supostamente) ela é, caso do Neo-Realismo italiano, por exemplo. Outros diretores ao redor do mundo preferiram pensar em como a Realidade poderia ser. Como o mundo seria se nos permitíssemos sonhar mais e ir atrás de nossos desejos mais profundos, mesmo nas condições mais adversas.
A proposta é dialogar com o público semanalmente nas redes sociais do SESI-SP, postando sinopses, trailers e comentários sobre todos os filmes das mostras.

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *