Velha Guarda da Portela se apresenta em live para comemorar seus 50 anos

Velha Guarda da Portela se apresenta em live para comemorar seus 50 anos

Intitulada como “Uma história contada à samba” terá perfomances do grupo e participações presenciais de Teresa Cristina, Roberta Sá, Eliane Faria e Beatriz Rabello, além de depoimentos virtuais de Marisa Monte e Paulinho da Viola

Majestade do samba carioca, a Velha Guarda da Portela fará uma live no próximo 03 de outubro, a partir das 14h, como parte de suas comemorações de 50 anos. Destinada aos portelenses e a quem não dispensa um bom samba, “Uma história contada à samba” celebrará a trajetória do grupo, comemorando também o aniversário de meio século da música “Foi Um Rio que Passou em Minha Vida”, composição de Paulinho da Viola, idealizador do grupo, para a Portela. A apresentação será transmitida simultaneamente através dos canais no YouTube da produtora audiovisual Fitamarela, no link https://www.youtube.com/c/Fitamarela, e no da escola, na Portela TV, no link https://www.youtube.com/c/PortelaTV

Além do show, que contará com sucessos como “Você Me Abandonou” e “Amor Proibido”, haverá também participações especiais das cantoras e portelenses Roberta Sá, Teresa Cristina, Eliane Faria e Beatriz Rabello. Cada uma cantará quatro canções ao vivo junto com o grupo. Outros dois torcedores ilustres marcantes na biografia da escola, Marisa Monte e Paulinho da Viola, farão aparições virtuais dando depoimentos sobre sua relação com a Portela e a Velha Guarda. O grupo segue sendo comandado por Monarco e Tia Surica, duas lendas vivas do cânone azul e branco de Madureira.

A Velha Guarda da Portela tem sua origem em 1970, quando o sambista Paulinho da Viola reuniu os baluartes mais representativos da escola para gravarem o álbum “Portela Passado de Glória”. A iniciativa foi tomada para preservar os fenomenais sambas que eram tocados nos eventos da escola e que não tinham registro para além das memórias dos presentes. A Portela foi a primeira escola a ter uma velha guarda show organizada em grupo musical, abrindo precedentes para a valorização dos integrantes que fizeram história também em outras agremiações. É tempo de celebrarmos a música brasileira em vida – como bradam no hino da Velha Guarda da Portela: “Estamos aí, como vocês estão vendo / Estamos velhos, mas ainda não morremos.”

O apoio ficou por conta de estabelecimentos locais, culturais e relacionados à saúde: a marca de bebidas Pitú, o icônico Mercadão de Madureira, a Bala Juquinha, o Chopp Dankel, a empresa Pink Casa da Manicura, o Fórum Inovação Saúde (FIS) e a Pronep Life Care.

Serviço – Velha Guarda da Portela “Uma história contada à samba”

Data: 03/10

Horário: 14h

A transmissão será feita simultaneamente através dos canais no YouTube da produtora audiovisual Fitamarela, no link https://www.youtube.com/c/Fitamarela, e no da escola, na Portela TV, no link https://www.youtube.com/c/PortelaTV

maxwelladmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *